QUANDO UM IDOSO PRECISA DE CUIDADORES

Atualizado: Mar 19


A maioria de nós tem dificuldade em admitir quando precisa de ajuda. Isso é especialmente verdadeiro quando se trata de pedir ajuda aos nossos filhos quando ficarmos mais velhos, porque queremos parecer fortes. No entanto, não há motivo para se envergonhar de precisar de ajuda.


Os membros da família de adultos idosos geralmente optam por um de dois caminhos para se tornar um cuidador: assumem a responsabilidade de uma vez, ou a vão aos poucos assumindo o papel de cuidadores. A decisão repentina de cuidar de um ente querido é muitas vezes desencadeada por um evento inesperado - um derrame, uma queda, complicações de cirurgia, este que atua como um catalisador, e assim gera a necessidade de alguém assumir a posição de cuidador da noite para o dia.


Agora existe aquela situação que acontece de forma gradual. Você não pode dizer exatamente quando começou, mas você começou a notar pequenas mudanças na forma como o seu membro da família interage com o mundo ao seu redor. Situações atípicas como se perderem ao dirigirem para o supermercado, ou eles estão tendo problemas para controlar seus medicamentos, ou equilibrar seu talão de cheques - tarefas que realizavam inúmeras vezes ao longo dos anos, sem problemas.


Quer a mudança seja repentina ou gradual, há certos sinais que você pode procurar que indicam quando seu ente querido está tendo problemas para atender às suas próprias necessidades.


Identificar a presença desses indicadores logo no início permite que você, seu ente querido e o resto do seu família, crie um plano para garantir que todas as suas necessidades sejam atendidas.


Se você tem um pai idoso que mora sozinho, aqui estão alguns sinais que você pode procurar para saber quando ele pode precisar de alguma ajuda extra de você ou de uma casa de repouso.



VEJA ABAIXO UM PEQUENO CHECKLIST VALIOSO PARA AVALIAR A SITUAÇÃO


1. Vasculhe a caixa de correios



Se você quiser ter uma ideia de como seu pai idoso está passando, dê uma olhada no e-mail ou caixa de correspondência dele. As principais coisas que você deseja procurar são correspondências e contas pessoais não abertas. A maioria das pessoas não podem ignorar cartões, cartas e outras correspondências pessoais; portanto, se seus pais os deixaram fechados e não lidos, pode ser um indicador de que eles não estão tão bem quanto gostariam que estivessem.


Contas não abertas são outro sinal de que seu pai idoso pode precisar de ajuda. O não pagamento das contas permite que você saiba que seu pai pode estar tendo dificuldades para administrar as finanças. Geralmente, esse é um dos primeiros sinais de demência em idosos.


Ao verificar se há contas não abertas, também procure cartas de bancos e credores. Essas cartas podem informar sobre pagamentos em atraso ou contas que foram recentemente sacadas. Essas são indicações adicionais de que seu ente querido pode estar tendo dificuldades com suas finanças pessoais e precisa de ajuda. Além disso, cartas de seguradoras podem significar que eles recentemente sofreram algum tipo de acidente do qual você deveria saber.


2. Vá para um passeio



Peça a seus pais que levem você a algum lugar no carro. Ao entrar no carro, verifique se há amassados ​​e arranhões, pois podem ser sinais de que seu pai não está dirigindo com o cuidado que deveria ou costumava fazer. Antes de pegar a estrada, veja se seu pai aperta o cinto. Esquecer de colocar o cinto de segurança pode ser um sinal de perda de memória ou habilidade motora.


Enquanto eles dirigem, verifique se há sinais de preocupação ou tensão. Se o seu ente querido não consegue falar com você enquanto dirige, pode estar tendo dificuldades de concentração. Se seus pais se recusarem a dirigir na estrada ou à noite, eles podem estar duvidando de sua própria capacidade de dirigir.


Preste muita atenção em como seus pais dirigem. Eles estão dirigindo bem abaixo do limite de velocidade? Eles misturam qual pedal é qual? O tempo de reação deles é mais lento do que deveria? Todos esses comportamentos são sinais de que seus pais podem não conseguir mais dirigir sozinhos e precisam da sua ajuda. Eles também podem ser indicadores de problemas mentais subjacentes.


3. Abrace seus pais

Dar um abraço em seus pais idosos pode ajudá-lo a ter uma ideia de sua saúde física e de sua capacidade de cuidar de si próprios. O seu ente querido perdeu peso? A perda substancial de peso pode ser um indicador de uma série de problemas de saúde, desde depressão até câncer. Também pode ser o resultado de uma incapacidade de fazer compras ou cozinhar para si próprios.


O ganho de peso substancial também é algo com que você deve se preocupar. Pode ser um indicativo de diabetes ou lesão. O ganho de peso também pode ser um sinal de demência, pois eles podem estar se esquecendo de que já comeram e farão a mesma refeição várias vezes. Dificuldades de gerenciamento financeiro podem levar ao ganho de peso se eles não puderem mais comprar alimentos frescos e saudáveis.


Quando você abraça seu ente querido, pode sentir se a força dele está diminuindo. Observe se eles se sentem mais frágeis do que o normal ou se parecem instáveis ​​em seus movimentos. Compare o que eles sentem com o que sentiram no passado e mantenha seu estado atual em mente para futuras visitas. Se estiverem perdendo força rapidamente ou se tornando frágeis, podem precisar da sua ajuda ou de uma casa de repouso.


4. Olhe ao redor da casa deles

Ao visitar seus pais idosos, faça um pequeno tour pela casa deles em busca de dicas de como eles estão. As pistas podem ser encontradas em todas as áreas da casa.


Cozinha

Verifique as datas de validade dos alimentos na geladeira e na despensa. Se houver muitos alimentos vencidos, seu ente querido pode estar tendo dificuldade em saber quando os alimentos estragam ou pode ter problemas para descartar fisicamente os alimentos velhos. Se houver duplicatas do mesmo item, como doze garrafas de maionese, seu pai pode estar com problemas de memória e não conseguir lembrar o que já está na despensa.


Verifique também se o seu idoso aumentou o número de refeições para viagem ou entrega que consomem. Seu pai costumava cozinhar boas refeições com vários ingredientes, mas agora está cozinhando refeições muito mais simples? Ambos podem ser sinais de que suas habilidades físicas ou mentais podem estar diminuindo.


Enquanto você estiver na cozinha, dê uma olhada nos eletrodomésticos que seus pais usam com mais frequência, como a cafeteira e o micro-ondas. Há algum aparelho quebrado que não tenha sido substituído ou reparado? Se o seu ente querido está tendo dificuldade em cuidar de si mesmo, talvez não consiga comprar um novo eletrodoméstico ou levá-lo para conserto. Você também deve procurar sinais de incêndios no fogão ou nas panelas e frigideiras. Se seus pais estão com problemas de memória, eles podem se esquecer de desligar o fogão, o que pode causar incêndios e representar uma ameaça à vida deles se morarem sozinhos.


Áreas de estar

Parece que as coisas não são limpas há algum tempo? Há pilhas de lixo espalhadas ou derramamentos que não foram limpos? Estes podem ser sinais de demência e outros problemas neurológicos ou físicos. Pessoas com demência tendem a derramar algo e depois se esquecem de limpar. Pilhas de desordem podem ser porque seus pais são física ou mentalmente incapazes de jogar coisas fora. Se essas pilhas estiverem no chão, o idoso corre o risco de tropeçar nelas e se ferir. Excesso de poeira e banheiros sujos podem significar que seus pais são fisicamente incapazes de fazer as tarefas domésticas e, portanto, precisam de ajuda.


5. Verifique as outras coisas vivas da casa

Dê uma olhada nas plantas dos seus pais. Elas estão mortas ou morrendo? O seu pai, que sempre teve plantas em casa, não tem mais? E quanto a seus animais de estimação? A caixa de areia do gato foi negligenciada ou há peixes mortos no tanque? Observe se algum animal parece ter pouca ou nenhuma alimentação. O quão bem seu ente querido pode cuidar de outras coisas vivas é um bom indicador de quão bem ele pode cuidar de si mesmo.



22 SINAIS COMUNS QUE MOSTRAM QUE SEU ENTE QUERIDO MERECE ATENÇÃO EXTRA

Posts recentes

Ver tudo

Somos uma marca que visa dar independência aos usuários. Nosso vestuário é mais fácil de vestir.

AdaptWear_só_a_marca.png
Atendimento
Contato

Tel: 0800 585 2929

Whatsapp: 55 62 99927.1020

Email: suporte@adaptwear.com.br

Siga-nos
whatsicon.png
instagram.png
pin.png
YT.png
facebook.png

 AdaptWear Vestuário LTDA.  CPF/CNPJ: 11.032.353/0001-90   Rua 102 C, 96  Setor Sul -   Goiânia, Goiás CEP 74083280
 suporte@adaptwear.com.br     Telefone: (62) 99927-1020

Feito Orgulhosamente por Garden Marketing Digital