ROUPAS PARA QUEM TEM ARTRITES GANHAM PREFERÊNCIA

Para pessoas com artrite, às vezes apenas se vestir todos os dias pode ser um verdadeiro desafio. Cada vez mais, empresas estão começando a produzir roupas adaptáveis e projetadas especificamente para facilitar o vestir de pessoas com dificuldades motoras.





A moda precisa fazer roupas bonitas e únicas, ela é poderosa, pois tem o potencial de mudança na vida, uma vez que ela também deve se preocupar na resolução de problemas de design. A moda é poderosa. Ela impacta e reflete nossa identidade, comportamento e nosso bem-estar.


Hoje as roupas adaptáveis, apesar de ainda serem um nicho, elas estão começando a serem pensadas nas escolas de moda. Muitas pessoas desconhecem a realidade e acham que necessidades especiais é uma condição muito distante delas. Com o envelhecimento, passamos a ter vários desafios em nossas vidas cotidianas. Pessoas com artrites por exemplo, ao evoluir da doença, sua mobilidade vai reduzindo e movimentos a serem desempenhados com as mãos se tornam uma barreira, como abotoar camisas e vestidos por exemplo.


Uma roupa para ser adaptável, ela precisa ter sido desenhada com a intenção de ajudar as pessoas que vivem com deficiência. Os recursos de design adaptável podem incluir fechos, velcro nos ombros, costas ou costuras laterais para facilitar o vestir. O sutiã abaixo, tem fechamento frontal para o usuário colocar e retirá-lo com facilidade. Esta é a melhor abertura frontal de sutiã, indicado para quem tem artrite ou baixa destreza manual.




Nós não consideramos que roupas grandes sejam adaptáveis. Muitos acham que o tamanho grande as tornam fáceis de colocar, na verdade isso não as fazem adaptáveis. Projetar roupas adaptáveis ​​é uma ciência. Um processo de design verdadeiro deve ser centrado no ser humano, e isso, inclui o usuário desde o início do processo. É um grande equívoco modificar os produtos existentes para serem apenas “bons o suficiente” para quem precisa.



É preciso pensar nos usuários finais – seus estilos de vida, suas necessidades de vestir, seus dados demográficos. Também pensamos no que está atualmente disponível e atualmente usado por pessoas que poderiam se beneficiar de roupas adaptáveis. Esse tipo de roupa tem uma função clara, mas também deve fazer você se sentir elegante e bem vestido também. A roupa adaptável não deve ser restringida unicamente pela sua funcionalidade. Ela deve ser uma fonte de criatividade. A exemplo do vestido floral abaixo, ele foi desenvolvido com zíperes frontais e com um gancho de acesso. Isso facilita a sua abertura e fechamento para que pessoas com atrites e mobilidade das mãos reduzidas, possam ter autonomia em seu vestir.




Assim como fazemos com qualquer roupa que estamos comprando, ao escolher roupas adaptáveis, verifique a qualidade do tecido e dos acabamentos. Observe os seguintes detalhes:

  • Os fechos ou velcro estão em um lugar que vai incomodar você quando estiver sentado ou deitado?

  • Eles estão bem presos?

  • Você ou seu cuidador podem usar facilmente esses fechamentos?

  • Este tecido ficará tão bom quanto depois de 10 lavagens?

  • Você se sente bem quando o usa?

Nós da Adaptwear, pautamos por conforto acima de tudo. Boa parte do nosso vestuário é feito com tecidos ou malhas com 100% de algodão em sua composição, isso dá um toque mais macio e proporciona um excelente conforto térmico.



Uma clara vantagem das roupas adaptáveis ​​é o benefício funcional de se vestir mais facilmente. É libertador quando o cuidado diário não é mais trabalhoso. Essa energia emocional e física pode ser redirecionada para algum lugar mais útil.


As roupas adaptáveis ​​são um nicho muito pequeno na moda. Ela é mal atendida porque as empresas não veem nela valor financeiro, no entanto, há um grande valor social em tornar a moda acessível. A moda é uma indústria que até então, se pautava pela exclusividade e elitismo. O movimento de democratização da moda vem crescendo na última década. Incluído neste movimento, está a luta contra o capacitismo, um sistema que normaliza e prioriza certos tipos de corpos e habilidades. Queremos quebrar o estigma de corpos perfeitos.


Ninguém gosta de ser subestimado, mas infelizmente, isso acaba acontecendo com frequência relação aos mais velhos. Às vezes com a melhor das intenções, os próprios filhos tentam impor limites aos pais quando estes, na verdade, ainda estão longe da necessidade de serem tutelados.


Os maiores desafios são a conscientização e a acessibilidade. Em primeiro lugar, a conscientização - o público em geral não entende o que é uma roupa adaptável. É o tipo de produto que você geralmente não conhece até precisar. Especificamente, há uma necessidade de educação sobre roupas adaptáveis ​​na indústria da moda e nos currículos de design. Em segundo lugar, acessibilidade – quero dizer isso em termos de dinheiro e onde comprá-lo. A roupa adaptável é mais cara em comparação a roupa não adaptável, isso porque ela requer mais acabamentos, envolve pesquisa e desenvolvimento e geralmente, é feita em pequenas quantidades. Roupas adaptáveis ​​também não estão amplamente disponíveis em lojas físicas e, mesmo que estejam, as pessoas que precisam delas não podem chegar ao local da loja. Se estiver disponível online, as pessoas precisam saber onde encontrá-las. Ainda fica a dúvida se podem confiar no site em que estão comprando.


A Adapt Wear se orienta pela qualidade e satisfação de seus clientes. A credibilidade conquistada junto aos nossos clientes é o nosso maior patrimônio. A nossa política de troca e devolução está em concordância com o Código de Defesa do Consumidor. O direito de arrependimento está previsto no art. 49, parágrafo único, do Código de Defesa do Consumidor. Para nós o mais importante é que você (cliente) tenha total confiança na compra de seus produtos e sua experiência seja a mais satisfatória possível.


Nós achamos que o mercado de roupas adaptáveis ​​está em sua infância, então é difícil dizer o que está por vir. Existem pequenos designers fazendo roupas adaptáveis ​​e coleções "teste" de grandes varejistas. Fato é que estamos nos tornando uma população envelhecida, e a moda deve evoluir com as necessidades desses consumidores. É preciso haver uma grande mudança na cultura da moda e na sociedade, o que nós faz priorizar e investir nas pessoas que estão envelhecendo com ou sem deficiência.


Esperamos que as pessoas se sintam notadas quando vestem nossas roupas e que isso as sirva como incentivo para abraçarem suas identidades de frente. Para nós, a limitação de mobilidade jamais vai ser uma barreira para se ter opções de vestuário. É notório o fardo que os cuidadores carregam quando do ato de vestir pessoas com mobilidade limitada. Esta é uma causa que nós da AdaptWear abraçamos. Isso nos move para empreender soluções que visam devolver a independência aos nossos usuários e mais segurança para os seus cuidadores.

99 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo